Como encontrar as lâmpadas LED certas para a sua casa

Como encontrar as lâmpadas LED certas para a sua casa

Antes de mais, deve considerar quais as funções que os pontos de luz individuais devem ter. Uma atmosfera acolhedora e um ambiente relaxado ou mais funcional e estimulante? Destaques individuais de luz ou iluminação uniforme? Com destaque do design de interiores ou mobiliário e objetos específicos? As respostas a estas questões indicam-lhe a seleção de lâmpadas LED certa.

Com as lâmpadas LED da OSRAM, também traz o design da iluminação moderna para a sua casa. Ilumine com milhões de cores e usufrua das opções de aplicação extremamente flexíveis das nossas soluções de iluminação LED. Deixe a sua criatividade brilhar!

Use o seu conhecimento: a iluminação requer conversão

Use o seu conhecimento: a iluminação requer conversão

Lúmenes a partir de watts

Os lúmenes especificam quão intensa é a iluminação dos LED. Infelizmente, as duas unidades não podem ser diretamente comparadas. Uma lâmpada LED atual da OSRAM como substituta de 75 watts, por exemplo, ilumina com 1055 lúmenes. Uma substituta de 40 watts ilumina com 470 lúmenes.

Caso deseje uma iluminação intensa, deve escolher uma lâmpada LED com, pelo menos, 800 lúmenes. A partir de cerca dos 1000 lúmenes atinge-se uma intensidade elevada e o limite atinge-se por volta dos 1500 lúmenes. Aqueles que desejam uma iluminação mais discreta devem escolher cerca de 300 lúmenes.

Os LED possibilitam esta escolha – do branco quente ao branco da luz do dia

A cor da luz e a temperatura da cor significam o mesmo

A temperatura da cor ou a cor da luz são especificadas em Kelvin. Tal determina se a luz é mais amarelada e quente ou azulada e fria. Aplica-se o seguinte: quanto mais baixo for o valor de Kelvin, mais amarelada é a luz. As temperaturas de cor até 3300 Kelvin designam-se como branco quente, de 3300 a 5300 Kelvin correspondem ao branco frio e as superiores a 5300 Kelvin correspondem ao branco da luz do dia.

A luz branca quente dá uma sensação acolhedora e relaxante, ao passo que a luz branca fria é considerada estimulante. O branco da luz do dia ajuda nos níveis de concentração e é, muitas vezes, utilizada em áreas de trabalho. A luz branca quente é quase sempre preferida para salas de estar e quartos, enquanto a luz branca fria assegura uma iluminação ideal na cozinha ou quartos de arrumações. Para os escritórios de casa, por outro lado, pode selecionar mais de 5000 Kelvin, caso necessite de se concentrar durante a noite. Especifique com precisão qual a função que a sua iluminação deve cumprir e, então, selecione a temperatura de cor certa.

Os LED possibilitam esta escolha – do branco quente ao branco da luz do dia

Uma dica para os profissionais: mostre as cores no seu melhor com o valor CRI

Uma dica para os profissionais: mostre as cores no seu melhor com o valor CRI

Parece bastante técnico, mas é decisivo: o índice de reprodução de cor

Ao selecionar as suas lâmpadas LED, tenha em consideração o chamado "Índice de reprodução de cor" (Color Rendering Index, CRI). O valor do CRI, muitas vezes designado como "Ra", especifica qual o grau de fidelidade com que a cor dos objetos pode ser identificada à luz de uma lâmpada. Nota: nem todos os fabricantes especificam este valor na embalagem.

O valor de CRI máximo teórico é 100. Com um valor de CRI baixo, a luz parece amarela esverdeada e dá à pele um aspeto pálido, por exemplo. O azul-escuro e o preto também são difíceis de distinguir. Adquira apenas lâmpadas LED com um valor superior a 70; geralmente, é o suficiente para uso doméstico. Se as cores brilhantes são especialmente importantes para si, deve escolher produtos com um CRI superior a 80.

A escolha é sua: iluminação de destaque ou de uma área ampla

O ângulo de feixe determina a superfície a ser iluminada

Deve tomar uma decisão fundamental: quer ter uma luz focada? Nesse caso, uma lâmpada refletora LED é a escolha certa. Se preferir uma iluminação mais uniforme, então opte por uma lâmpada LED convencional. A propósito: selecione um ângulo de feixe de cerca de 35 graus para obter uma iluminação focada e de destaque com alta qualidade. Desta forma, evita que a luz se disperse de uma forma que não pretende.

A escolha é sua: iluminação de destaque ou de uma área ampla

Tendência: a lâmpada LED como um objeto de design

Tendência: a lâmpada LED como um objeto de design

Não esconda estas lâmpadas LED – são demasiado belas

As fontes de luz LED estão disponíveis em diversas formas. A lâmpada LED clássica tem o mesmo design que as lâmpadas incandescentes anteriores, mas quase sempre com dimensões superiores. Uma das poucas exceções: a SUPERSTAR/STAR Classic A 40 da OSRAM. Esta também se adapta a luminárias muito compactas.

As lâmpadas LED também estão disponíveis com a forma de uma vela curva, para permitir a sua utilização em candelabros, luminárias de parede ou outras em que a lâmpada está visível. Um grande destaque de design: de acordo com o lema do "regresso ao futuro", pode iluminar com elevada eficiência e também com o design em mente graças às lâmpadas LED da OSRAM, com a aparência de uma lâmpada incandescente retro. A luz da RETROFIT LED é também muito semelhante à das boas e velhas lâmpadas incandescentes. Pode também, é claro, utilizar a lâmpada LED sem um abajur, mas com aquele efeito impressionante em sua casa. Para um visual magnífico e moderno em sua casa.

Especial: lâmpadas LED incandescentes com um design elegante

Fitas LED: maior flexibilidade é impossível

Dê um ambiente à sua casa com os LED Deco Flex

Dê uma olhadela às fitas LED! É a iluminação LED eficiente de última geração, totalmente repensada. Crie efeitos de iluminação fascinantes com as fitas LED flexíveis. Como luz indireta, incorporadas em prateleiras ou armários, ou simplesmente colocada nos cantos das salas. As possibilidades são quase infinitas. Deixe a sua criatividade fluir livremente. A OSRAM tem os fantásticos LED Deco Flex no seu portfólio.

Fitas LED: maior flexibilidade é impossível